quarta-feira, 13 de outubro de 2010

LIÇÕES DE UM MARINHEIRO

Sou mais um apreciador da terra firme do que um marinheiro, mas já andei de barco o suficiente para saber qual é o segredo para encontrar terra em meio a uma tempestade: Você não mira outro barco; é claro que não fita as ondas; tem em perspectiva um objeto não afetado pelo vento – uma luz na praia – e vai em direção a ela. A luz não é afetada pela tempestade.
Ao buscar Deus, você faz o mesmo. Quando você tem em perspectiva o nosso Deus, se concentra naquele que vence qualquer tempestade que a vida pode trazer.
Como Jó, você encontra paz na dor.
Como Jó, você cobre sua boca e fica quieto.
“Parem de lutar! Saibam que eu sou Deus!” (Salmos 46.10). Esse versículo contém um mandamento com uma promessa.
Qual o mandamento? Parem de lutar. Cubram a boca. Dobrem os joelhos.
Qual a promessa? Vocês saberão que eu sou Deus.
O barco da fé viaja em águas tranqüilas. A crença anda nas asas da espera.
Em meio as suas tempestades diárias faça questão de ficar quieto e de ter Deus em perspectiva. Deixe que Deus seja Deus. Deixe que Ele o banhe em sua gloria para que tanto seu fôlego como seus problemas sejam absorvidos de sua alma. Fique quieto. Fique em silencio. Reserve um momento para ficar quieto e saber que ele é Deus.
Max Lucado, em “DIAS MELHORES VIRÃO

Um comentário:

  1. Graça e paz, sempre!

    Passei por aqui para conhecer seu blog.
    Estou procurando bons blogs para compartilhar.

    Já estou te seguindo.

    Ficaria muito feliz se puder me visitar.
    Se quiser me seguir também será um prazer para mim.

    Abraço em Cristo,

    Sandro
    http://oreinoemnos.blogspot.com/
    Te espero lá.

    ResponderExcluir